Crivella diz que não voltará atrás nos cortes ao carnaval

Compartilhe nas redes.

O prefeito Marcelo Crivella disse, nesta segunda-feira (19), que não vai voltar atrás na decisão de cortar verba das escolas de samba para o carnaval de 2018. A afirmação foi feita durante a inauguração do mural de 2.500 metros quadrados da Escola Rivadavia Corrêa, no Centro. O mural faz parte do projeto Rio Big Walls, de valorização de espaços urbanos, e foi pintado pela grafiteira Luna Buschinelli, de 19 anos.

“Acho que vou criar o bloco ‘é conversando que a gente se entende’. Estamos enfrentando uma crise, e as crianças e as creches são prioridades. Temos de reavaliar e corrigir os custos do ano passado, quando houve um aumento do subsídio num momento de euforia”, afirmou Crivella.

O prefeito também comparou a discussão sobre o carnaval com as cólicas de um parto.

“Cólicas não são pra desanimar. As cólicas de uma mulher que vai dar à luz são redentoras”, disse o prefeito, que espera que da discussão nasça uma solução para o problema.

Nesta tarde, representantes da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) vão se reunir com o presidente da Riotur, Marcelo Alves.

No último sábado (17), integrantes de várias escolas de samba protestaram pelo Centro do Rio. Eles saíram da frente da Prefeitura do Rio e caminharam até o Sambódromo.

Diretor de Carnaval da Beija-Flor, Laila era um dos que participava do ato. Ele afirma que considera que a posição do prefeito Marcelo Crivell demagógica.

“Nós temos muitas crianças necessitadas no Rio de Janeiro, não só as das creches da prefeitura. Quando você pega um momento difícil como este e quer atingir o que mais embeleza o carnaval carioca é muita demagogia”, disse o carnavalesco da Beija-Flor.

.

“Eu sou macumbeiro, mas eu não sou demagogo. Não tenho meios e ganhos que não seja o carnaval, e muita gente que trabalha o ano inteiro também não tem. Não tem vagabundo, não tem ladrão”, acrescentou o carnavalesco.

Quando ainda era candidato, em agosto de 2016, Crivella disse que iria manter o patrocínio para as escolas de samba. A afirmação de Crivella foi feita em uma das entrevistas do G1 com os postulantes ao cargo.

A reportagem pediu ao prefeito um posicionamento sobre a promessa de campanha, mas obteve a resposta de que ele está em viagem oficial na Holanda. Em nota, a prefeitura informou ainda que haverá um encontro com a Liesa no início da semana que vem.

“Juntos, estão alinhados em estudar caminhos para que o Carnaval de 2018 seja realizado da melhor maneira possível”, diz o texto.

Compartilhe nas redes.

Comments are closed