Kleber Lucas canta: O acaso vai me proteger!!!

Compartilhe nas redes.

“Cantor evangélico, cantando musica do mundo, dentro da igreja, em cima do púlpito, em pleno culto! Aonde a igreja vai parar !” – Essa foi a indagação de muitas pessoas ao verem o vídeo onde o cantor gospel Kleber Lucas canta, no meio de uma ministração a musica “Epitáfio” da banda secular Titãs.

Kleber Lucas já sabia que a música iria gerar

A publicação de um vídeo pelo cantor Kleber Lucas em sua página no Facebook está repercutindo nos meios evangélicos. Ele, juntamente com o grupo de louvor da Igreja Batista Soul, entoaram a música Epitáfio, da banda secular Titãs. A canção aborda a rotina na vida das pessoas e convida o ouvinte a pensar e optar por boas decisões na vida. O que surpreende é a letra da musica que afirma que o “acaso vai me proteger enquanto eu andar distraído”. Para uma pessoa que vive no mundo secular, não tem nada demais carta uma letra como está, mas para um cristão que afirma que Cristo é o seu salvador e Deus é o seu protetor, não pega nada bem afirma que o “acaso vai protege-lo enquanto ele andar distraído”. Principalmente que cristão que é cristão sabe muito que a palavra de Deus afirma que temos de andar vigilantes e não distraído.

“Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar; resisti-lhe firmes na fé.” 1 Pedro 5.8-9

Mas ao vermos um suposto ministro de louvou cantar em um suposto culto de louvor ao criador uma musica que afirma em seu refrão que o acaso vai protege-lo é de si imaginar que este suposto cristão não seja conhecedor da Palavra de Deus e muito menos sabe com deve andar um verdadeiro filho de Deus.

Kleber Lucas afirmou na rede social que a canção foi utilizada durante uma ministração baseada na passagem de Eclesiastes 3, que trata de distintos momentos na vida.

Kleber Lucas já sabia que a música iria gerar polêmica.

Kleber Lucas já sabia que a música iria gerar algum tipo de polêmica, e comentou que entregar a mensagem de Deus às pessoas que necessitam, é superior a qualquer impasse que viesse a sofrer. Na rede social, o internauta Eber Teles não aprovou o uso da música. “A quem muito é dado, muito será cobrado! Fim de carreira trágico pra quem muito fez!”, comentou indignado.

A indignação se espalhou no meio cristão, muitos pastores conhecidas igrejas neopentecostais preferiram analisar a questão e não fazer julgamentos. Mas em contra partida muitos pastores das conhecidas igrejas tradicionais, não aceitaram tal argumento dado pelo cantor e já afirmaram.

“Não existe árvore boa produzindo mau fruto; nem inversamente, uma árvore má produzindo bom fruto. Pois cada árvore é conhecida pelos seus próprios frutos. Não é possível colher-se figos de espinheiros, nem tampouco, uvas de ervas daninhas. Uma pessoa boa produz do bom tesouro do seu coração o bem, assim como a pessoa má, produz toda a sorte de coisas ruins a partir do mal que está em seu íntimo, pois a boca fala do que está repleto o coração.” Lucas 6.43-45

A boca fala do que está repleto o coração

A usuária Ana Otaviano reafirma a posição de Kleber como homem de Deus, mesmo usando uma música secular. “Ele não deixou de ser um adorador, um ungido e servo do Senhor por isso, muitos estão fazendo seus julgamentos, mas esquecemos que também pecamos”, justificou.

Mas a justificativa não colou, pois se uma pessoa busca estar cheio do Espirito Santo de Deus e da Palavra de Deus, provavelmente poderia usar dezenas de canções cristãs como ilustração para seus sermões. E o fato de o mesmo ser cristão a vários anos e mesmo assim ainda conhecer a letra de uma canção secular, mostra que o mesmo ainda mantem hábitos da época secular. E que ainda precisa nascer de novo e se tornar nova criatura.

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” 2 Coríntios 5:17




Veja abaixo o vídeo onde o cantor Kleber Lucas, em cima do altar, no meio de um culto supostamente ao Senhor, canta tranquilamente a musica Epitáfio dos Titãs.

Compartilhe nas redes.

Comments are closed