Perseguição a Cristãos aumenta

Compartilhe nas redes.

26 cristãos são mortos na maior igreja cristã no Egito.

Este que foi considerado um dos piores atentados terroristas contra a igreja de Cristo na cidade do Cairo no Egito, um atentado que vitimou 26 cristãos neste domingo dia 11 de Dezembro.

adonai-adonaiwebradio_webradioadonais_adonaiwebradiotv_perseguicao_a_igreja_cristao_cairo_egito_

Segundo a TV estatal  egípcia a perseguição a cristãos tem aumentado consideravelmente.

Um atentado terrorista na principal catedral copta no Cairo matou na manhã deste domingo (11), pelo menos 26 pessoas, de acordo com a televisão estatal egípcia. Segundo as autoridades, uma mulher entrou com cerca de 6 kg de explosivos em sua bolsa, que deixou local. Ela saiu rapidamente do templo e o dispositivo foi detonado remotamente minutos depois.

Uma perseguição covarde.

São dezenas de feridos por causa da explosão dentro da Catedral de São Marcos, maior templo da Igreja Ortodoxa Copta e sede da denominação liderada pelo patriarca Teodoro II. Os coptas são um antigo ramo do cristianismo, cerca de 10% da população do Egito. Os coptas são considerados pacíficos e reclusos as coisas relacionadas ao Egito e vivem suas vidas exclusivamente para o cristianismo.

Uma perseguição que mata inocentes.

adonai-adonaiwebradio_webradioadonais_adonaiwebradiotv_perseguicao_a_igreja_cristao_cairo_egito_02

A detonação ocorreu perto das 10 da manhã (horário do Cairo), quando os fiéis chegavam para a reunião de oração. A maioria dos mortos e feridos são mulheres e crianças, pois o local hospeda uma capela onde são realizadas encontros apenas para mulheres.

“A perseguição e a discriminação contra cristãos no país têm crescido nos últimos meses. “ Afirma as autoridades.

Diversas igrejas foram demolidas e queimadas, assim como as casas dos seus membros.

adonai-adonaiwebradio_webradioadonais_adonaiwebradiotv_perseguicao_a_igreja_cristao_cairo_egito_2

Com desculpas politicas, Irmandade Mulçumana mata e persegui cristãos em busca de poder.

A polícia está fazendo uma varredura na área, pois existe o temor de que pode haver mais bombas. Até o momento, nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque. Suspeita-se que possa ser obra da Irmandade Muçulmana, que tenta reconquistar o poder após seu representante, o presidente Mohamed Morsi, ter sido deposto em 2013.

Medo de novos atentados, a perseguição continua fazendo vítimas.

A polícia está fazendo uma varredura na área, pois existe o temor de que pode haver mais bombas. Até o momento, nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque. Nas redes sociais do Egito, simpatizantes do Estado Islâmico celebraram o atentado. Como se matar pessoas inocentes de forma covarde fosse sinônimo de coragem ou de heroísmo. “Pura covardia” afirma autoridade local, “se fossem tão fieis ao alcorão ou a Ala não fariam essa covardia.” Afirma autoridades locais que procuram evitar que novos atentados ocorram, podendo levar a intervenções internacionais. Principalmente norte americana, que com novo presidente, assumidamente cristão, já se pronunciou que vai defender o cristianismo não só nos EUA, mas em todo mundo

Perseguição mais covarde na história moderna do Egito.

Este é o maior atentado contra um templo cristão na história moderna do Egito. O último de grande porte ocorreu em 2011 e deixou 21 mortos.

Qelleny Disse Farag, 80 anos, foi com a esposa para a igreja. Ele entrou no local logo após a explosão. “Havia pedaços de corpos por toda parte. Os cadáveres, alguns sem cabeça, estavam espalhados pela chão”, conta. “Uma verdadeira covardia, realizada por um grupo que se diz seguidor de Ala” afirma.

Outra testemunha, Amal Anis, explica que a bomba foi deixado ao lado do altar, por uma mulher que agiu de forma estranha. Ela conta que a igreja foi severamente danificada e parte do telhado desabou. Com informações Breaking Israel News e Telegraph

2 Coríntios 4.07 a  12

“Mas temos esse tesouro em vasos de barro, para mostrar que o poder que a tudo excede provém de Deus, e não de nós. De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos perplexos, mas não desesperados; somos perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não destruídos. Trazemos sempre em nosso corpo o morrer de Jesus, para que a vida de Jesus também seja revelada em nosso corpo. Pois nós, que estamos vivos, somos sempre entregues à morte por amor a Jesus, para que a sua vida também se manifeste em nosso corpo mortal. De modo que em nós atua a morte; mas em vocês, a vida.”

Oremos pelos familiares daqueles que foram ceifados e pela misericórdia de Deus para com aqueles que foram responsáveis por este ato de ira e desamor pelo próximo.

Compartilhe nas redes.

Comments are closed