Silas Malafaia chora no púlpito

Compartilhe nas redes.

“Assim recebemos nosso pastor hoje na ADVEC Sede, quem conhece a sua vida é sua integridade sabe muito bem, quem são os nossos “inimigos””, disse Sóstenes. Na página oficial da igreja, foram publicadas fotos do culto em que Silas foi homenageado. “A unidade da igreja sempre fará a diferença. Estamos contigo Pastor!”, estava escrito em uma das publicações.

adonai_adonaiwebradiotv_silas-malafaia_chora_por_causa_da_perseguicao_da_policia_federal

A imagem publicada pelo deputado traz Malafaia chorando ao observar cartazes escritos com frases como ‘Estamos contigo pastor’, ‘Somos todos Malafaia’, ‘Nós estamos contigo pastor’ e ‘Estamos contigo’.

O deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) publicou, em suas redes sociais, uma frase de apoio ao pastor e palestrante Silas Malafaia. Com uma foto que expõe uma homenagem feita por membros da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (Advec), o político divulgou uma campanha de apoio feita a Silas, investigado pela Polícia Federal.

O pastor Silas Malafaia está sendo investigado pela Polícia Federal desde a última sexta-feira. A notícia foi divulgada e apurada pela Folha de S. Paulo e, segundo o jornal, a Polícia Federal está atuando na investigação de uma suposta organização criminosa que, por corrupção, faz cobranças judiciais de royalties de exploração mineral.

Silas se manifestou pelas redes sociais e também pessoalmente para a imprensa, quando foi depor na Polícia Federal. Na ocasião, afirmou que recebe muitas ofertas de fiéis, mas, mesmo assim, as declara no imposto de renda.

“Isso é uma safadeza, é uma molecagem. Estou desafiando a provar que eu estou envolvido com esses canalhas. Meta eles na cadeia. Sou a favor da Lava Jato, sou a favor de uma Justiça forte, mas não para isso”, afirmou.

O pastor Silas Malafaia voltou a usar a internet para falar sobre as acusações feitas contra ela pela Polícia Federal na operação Timóteo. Deflagrada na sexta-feira (16), ela investiga um esquema de corrupção envolvendo cobranças judiciais de royalties da exploração mineral.

Apesar de terem sido presas 16 pessoas em 11 estados, o nome da operação e o destaque da mídia acabaram por dar ênfase somente ao suposto envolvimento do pastor, como se ele fosse o mandante. Na verdade, seu nome apareceu por conta de uma doação feita pelo advogado Jader Alberto Pazinato. Três anos atrás, ele doou um cheque de 100 mil reais para Malafaia.

Pazinato está preso e o dinheiro doado seria fruto do esquema que  nos último oito anos desviou R$ 66 milhões.  O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo decidiu gravar um vídeo onde mostra seu extrato bancário de julho de 2013, época em que o cheque do advogado foi depositado em sua conta.

adonai_adonaiwebradiotv_cheque-do-malafaia-1

Segundo os dados mostrados por ele, que incluem cópias de cheques assinados por Silas, a maior parte – 70 mil reais – foram para pagar pelo programa de TV Vitória em Cristo, apresentado semanalmente pelo pastor há mais de 25 anos. Os outros 30 mil foram dados para a Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, que ele preside.

Fonte: Gospel Prime

banner-sci-02-900x200

Compartilhe nas redes.

Comments are closed